Poesía española

Poemas en español

Nódoa

Nódoa Lambuza tua ira nas cortinas Impregna de ódio os quadros Joga toda sujeira nos móveis Deita na cama toda […]

Urubus

No rastro da terra em brasa Pés descalços descarnam a carne Flagelando a alma que clama Seres em chama Perambulam […]

Filhos do nada

Manto encardido de sangue Enxuga o rosto enrugado pelo tempo Ossos cadavéricos saltam à dor Olhos clamam sem encontrar direção […]